img_20160914_092058

 Bom dia nessa quarta-feira!

Vamos falar hoje da PACIÊNCIA?  

Vejo como ela é tão ausente nos nossos dias.

〰 Estamos esperando o elevador chegar no nosso andar e já apertamos o botão mais de 1x;
〰 O semáforo abriu, o carro da frente não saiu no mesmo segundo, já estamos buzinando;
〰 Tomamos um remédio e queremos que a dor passe instantaneamente;
〰 Fazemos uma compra na internet e já estamos contando os dias para ela chegar (sem contar que muitas pessoas já pensaram: e se não chegar?);
〰 O colega no trabalho fez algo diferente do que esperávamos e já nos irritamos;
〰 Estamos num novo aprendizado (idioma, esporte, instrumento musical,  implantação de um novo estilo de vida, etc) e não admitimos errar. Temos que ver o progresso agora.

Só em escrever essas coisas e imaginá-las, já me deu uma GRANDE ANSIEDADE. Imagino que em você também…

Essa reflexão nos convida a pensar que quem esquece de praticar a paciência, está vivendo apenas no futuro, ignorando o presente. Não respeita o momento de maturação.

É o mesmo que dizer de uma pessoa que planta a semente de uma árvore frutífera e em 1 semana já quer comer o fruto. A semente vai desenvolver as suas raízes, depois quando se sentir fortalecida vai desenvolver seu caule, suas folhas e o seu fruto. Não é assim?

Um bebê leva, em regra, 9 meses para se desenvolver. A natureza é sábia por respeitar o tempo necessário para cada coisa/pessoa se desenvolver.

E como na nossa vida nos maltratamos suprimindo o presente? Ignorando esse tempo das coisas irem se assentando e trazendo resultado? 

Por exemplo, uma pessoa que está estudando para fazer um concurso precisa escolher a paciência. Já leu muito, já estudou muito, mas tem aprendizado que ela teve ontem que só vai solidificar na mente meses depois, ao ler a mesma coisa, mas  assimilará de outra forma por já ter amadurecido mais.

Assim também é o nosso movimento de mudança na vida. Mudança de pensamento e comportamento.

Ser paciente jamais é ser submisso. É agir sendo persistente, perseverante e escolher a resignação. Somos capazes de tudo, desde que continuemos focados na nossa nova postura, aqui e agora.

Vamos juntos?  👭👫👬

Com carinho, 

Maly Motta.


Leave a Reply

Your email address will not be published.